Ministra admite agravamento de penas para incendiários

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

A ministra da Administração Interna afirmou esta quinta-feira que as penas para os suspeitos de fogo posto é um tema que tem de ser “seriamente” analisado.

A propósito da petição que pede penas mais pesadas para incendiários, a ministra da Administração Interna disse esta quinta-feira que essa é uma questão a considerar “seriamente”.

Constança Urbano de Sousa está em Arouca, uma das zonas de Portugal continental mais afetadas pelos incêndios dos últimos dias.

“Muitos destes fogos são postos”, declarou a governante. “Nascem às três e quatro da manhã e garanto-vos que não é por obra do acaso“, realçou.

Por isso, a ministra considerou que a penalização legal para os autores de incêndios “também é uma questão que seriamente tem que ser decidida”.

A petição, que já conta com mais de 38 mil assinaturas, foi lançada por Rafael Carvalho e reclama o aumento para 25 anos da pena máxima associada a casos de fogo posto.

No texto em que justifica o recurso à petição, Rafael descreve-se como “um cidadão português cansado de assistir ano após ano à destruição do património florestal principalmente devido a mão criminosa”.

“Basta de ter mão leve para os criminosos que, por prazer ou interesses económicos, destroem o nosso património, põem vidas humanas em risco e nos fazem gastar milhares de euros no combate aos incêndios”, acrescenta.

De acordo com as regras estipuladas no site da Assembleia da República, o apelo de Rafael Carvalho deverá agora ser analisado pelo Parlamento.

“Tratando-se de uma petição subscrita por um mínimo de mil cidadãos, a mesma é obrigatoriamente publicada no Diário da Assembleia da República; se for subscrita por mais de quatro mil cidadãos, é apreciada em plenário da Assembleia“, esclarece a página.

Atualmente, o artigo 274.º do Código Penal indica que “quem provocar incêndio em terreno ocupado com floresta, incluindo matas, ou pastagem, mato, formações vegetais espontâneas ou em terreno agrícola, próprios ou alheios, é punido com pena de prisão de um a oito anos“.

Essa pena pode ser agravada até 12 anos se o autor do crime tiver atuado “com intenção de obter benefício económico”, deixado “a vítima em situação económica difícil” ou criado “perigo para a vida ou para a integridade física de outrem, ou para bens patrimoniais alheios de valor elevado”.

Ainda a propósito daquela que tem sido a origem de muitos dos fogos que vêm assolando o território nacional, a ministra afirma que também se impõe “uma maior consciência cívica quanto às questões de Proteção Civil, porque qualquer cidadão tem que pensar duas vezes antes de agir” em contexto florestal.

“O simples acionar de uma máquina rebarbadora para se fazer um trabalho agrícola pode despoletar um incêndio de grandes proporções”, refere a governante a título de exemplo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Apenas leitura, é o que eu penso, ou de um ano, passa para dois.
    Como já não há homens com tomates, pode ser que esta Ministra tenha pelo menos força de vontade.
    Mas, para mim, tanto quem ateia os fogos, como quem os manda fazer o serviço, só tem uma sentença.
    Metê-los no fogo de que são responsáveis, é fácil, e podem crer que acabavam os incêndios depressa.
    Era só fazer isso a meia dúzia, víamos logo a diferença.
    Mas como somos um país de brandos costumes, e com desculpas para tudo, até para perdoar a quem tanto mal nos faz e engana, desde os incendiários aos governantes.
    Pouco ou nada há a fazer, a realidade é esta.

    • Penso que se deveria ser bastante severo: uma pena Suspensa de 800 anos de prisão … e um subsídio de re-integração na sociedade de 2000 euros/mês e algumas festinhas na cabeça para mostrar compreensão. Em eficácia é igual ao que já se passa, mas pelo menos deu-se um sinal político que o povo pode ir dormir descansado (mesmo que tenha a casa a arder).

      Não há pachorra. Ergue-te povo (fardado) antes que seja tarde demais.

  2. Apoio plenamente,ate não precisava meia dúzia, basta penalizar a serio um ou dois . Mas por enquanto ate parece um desporto nacional

  3. Incendiários ………….. Senhora, nem fale nas penas a aplicar…………..Para os portugueses quanto . mais alta for a penas mais nos custa ,
    Tem por aí gente que estar na prisão representa uma subida na qualidade de vida e de bemestar na família.
    Rm Portugal ir para a prisão é bom .
    .

RESPONDER

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …

Escolas devem reabrir normalmente. Governo preparado para decisões diferentes

As escolas devem reabrir em situação de normalidade e só uma evolução negativa da pandemia levará a decisões contrárias, de maior ou menor alcance, que o Governo disse esta quinta-feira estar preparado para tomar. Na conferência …

Família de ativista saudita teme que esteja a ser torturada na prisão

Familiares de uma importante ativista dos direitos das mulheres da Arábia Saudita, detida desde maio de 2018, temem que esteja a ser torturada na prisão, uma vez que não dá notícias há vários meses. Loujain al-Hathloul, …

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …