Ministra admite agravamento de penas para incendiários

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

A ministra da Administração Interna afirmou esta quinta-feira que as penas para os suspeitos de fogo posto é um tema que tem de ser “seriamente” analisado.

A propósito da petição que pede penas mais pesadas para incendiários, a ministra da Administração Interna disse esta quinta-feira que essa é uma questão a considerar “seriamente”.

Constança Urbano de Sousa está em Arouca, uma das zonas de Portugal continental mais afetadas pelos incêndios dos últimos dias.

“Muitos destes fogos são postos”, declarou a governante. “Nascem às três e quatro da manhã e garanto-vos que não é por obra do acaso“, realçou.

Por isso, a ministra considerou que a penalização legal para os autores de incêndios “também é uma questão que seriamente tem que ser decidida”.

A petição, que já conta com mais de 38 mil assinaturas, foi lançada por Rafael Carvalho e reclama o aumento para 25 anos da pena máxima associada a casos de fogo posto.

No texto em que justifica o recurso à petição, Rafael descreve-se como “um cidadão português cansado de assistir ano após ano à destruição do património florestal principalmente devido a mão criminosa”.

“Basta de ter mão leve para os criminosos que, por prazer ou interesses económicos, destroem o nosso património, põem vidas humanas em risco e nos fazem gastar milhares de euros no combate aos incêndios”, acrescenta.

De acordo com as regras estipuladas no site da Assembleia da República, o apelo de Rafael Carvalho deverá agora ser analisado pelo Parlamento.

“Tratando-se de uma petição subscrita por um mínimo de mil cidadãos, a mesma é obrigatoriamente publicada no Diário da Assembleia da República; se for subscrita por mais de quatro mil cidadãos, é apreciada em plenário da Assembleia“, esclarece a página.

Atualmente, o artigo 274.º do Código Penal indica que “quem provocar incêndio em terreno ocupado com floresta, incluindo matas, ou pastagem, mato, formações vegetais espontâneas ou em terreno agrícola, próprios ou alheios, é punido com pena de prisão de um a oito anos“.

Essa pena pode ser agravada até 12 anos se o autor do crime tiver atuado “com intenção de obter benefício económico”, deixado “a vítima em situação económica difícil” ou criado “perigo para a vida ou para a integridade física de outrem, ou para bens patrimoniais alheios de valor elevado”.

Ainda a propósito daquela que tem sido a origem de muitos dos fogos que vêm assolando o território nacional, a ministra afirma que também se impõe “uma maior consciência cívica quanto às questões de Proteção Civil, porque qualquer cidadão tem que pensar duas vezes antes de agir” em contexto florestal.

“O simples acionar de uma máquina rebarbadora para se fazer um trabalho agrícola pode despoletar um incêndio de grandes proporções”, refere a governante a título de exemplo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Apenas leitura, é o que eu penso, ou de um ano, passa para dois.
    Como já não há homens com tomates, pode ser que esta Ministra tenha pelo menos força de vontade.
    Mas, para mim, tanto quem ateia os fogos, como quem os manda fazer o serviço, só tem uma sentença.
    Metê-los no fogo de que são responsáveis, é fácil, e podem crer que acabavam os incêndios depressa.
    Era só fazer isso a meia dúzia, víamos logo a diferença.
    Mas como somos um país de brandos costumes, e com desculpas para tudo, até para perdoar a quem tanto mal nos faz e engana, desde os incendiários aos governantes.
    Pouco ou nada há a fazer, a realidade é esta.

    • Penso que se deveria ser bastante severo: uma pena Suspensa de 800 anos de prisão … e um subsídio de re-integração na sociedade de 2000 euros/mês e algumas festinhas na cabeça para mostrar compreensão. Em eficácia é igual ao que já se passa, mas pelo menos deu-se um sinal político que o povo pode ir dormir descansado (mesmo que tenha a casa a arder).

      Não há pachorra. Ergue-te povo (fardado) antes que seja tarde demais.

  2. Apoio plenamente,ate não precisava meia dúzia, basta penalizar a serio um ou dois . Mas por enquanto ate parece um desporto nacional

  3. Incendiários ………….. Senhora, nem fale nas penas a aplicar…………..Para os portugueses quanto . mais alta for a penas mais nos custa ,
    Tem por aí gente que estar na prisão representa uma subida na qualidade de vida e de bemestar na família.
    Rm Portugal ir para a prisão é bom .
    .

RESPONDER

Pintura de Jacob Lawrence desaparecida há 60 anos foi encontrada em Nova Iorque

Uma visitante do Met, nos Estados Unidos, descobriu o paredeiro do quadro desaparecido de Jacob Lawrence. A mulher associou o quadro a um pendurado na sala de estar dos seus vizinhos, suspeitando que poderia fazer …

Fezes ancestrais ajudam a descobrir como o microbioma afeta a nossa saúde

Um novo estudo, realizado em Israel e na Letónia, analisou fezes ancestrais e comparou-as com o nosso microbioma para tentar descobrir pistas sobre as doenças modernas. A equipa de investigadores, que trabalhou enterrada até aos joelhos …

Santa Clara 1-2 Sporting | “Leão” mostra POTEncial nas ilhas

Ao final da tarde deste sábado, o Sporting venceu o Santa Clara por 2-1, num duelo a contar para a 5ª jornada da Liga NOS que decorreu no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. …

Robô ultrarrealista pode vir a substituir os golfinhos em cativeiro em parques temáticos

A empresa de engenharia Edge Innovations, com sede em São Francisco, Estados Unidos, projetou e construiu um golfinho-robô que se parece e age quase exatamente como um. Nadando ao redor da piscina enquanto um grupo de …

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …

Português responsável por limpeza de hospitais condecorado pela Rainha Isabel II

O português Maciel Vinagre pensou que era mentira ou engano ao ler a notificação de que tinha sido distinguido pela Rainha Isabel II pelo trabalho como responsável da limpeza de dois hospitais públicos britânicos durante …

Japonês inventa sacos de plástico "comestíveis" (para salvar o veado sagrado de Nara)

Um empresário local no destino turístico japonês de Nara desenvolveu uma alternativa aos sacos de plástico de compras para proteger o veado sagrado da cidade. Hidetoshi Matsukawa, que trabalha na Nara-ism, um agente de souvenirs, disse, …

Emissão do programa de Ricardo Araújo Pereira cancelada. Humorista em isolamento

O programa de Ricardo Araújo Pereira na SIC não será emitido este domingo, uma vez que o humorista se encontra em isolamento profilático depois de ter estado em contacto com uma pessoa infetada com covid-19. …