Harvey Weinstein, o “Deus” de Hollywood, cai em desgraça após escândalo sexual

Andrew Gombert / EPA

O produtor Harvey Weinstein que esteve por trás de filmes como como “Reservoir Dogs”, “Pulp Fiction” e “Malèna”.

Harvey Weinstein, um dos produtores mais conhecidos e influentes de Hollywood, a quem Meryl Streep chegou a chamar “Deus”, foi obrigado a abandonar a empresa de cinema independente que fundou após um escândalo sexual que o envolve em vários casos de assédio, ao longo de décadas.

O conselho de administração da Weinstein Company decidiu retirar o produtor da empresa, “face ao surgimento, nos últimos dias, de novas informações relativas à má conduta de Harvey Weinstein“, sublinham os directores da produtora num comunicado.

A bem sucedida carreira de Weinstein foi abalada por uma investigação do New York Times que revela que o produtor alcançou, durante décadas, uma série de acordos extra-judiciais para pôr termo a denúncias de assédio sexual apresentadas por antigas funcionárias e colaboradoras.

A actriz Ashley Judd, conhecida pelo filme “Frida” ou pela saga “Divergente”, é uma das figuras conhecidas que o acusam de abusos sexuais.

As acusações remontam à década de 1990, altura em que Weinstein estava à frente da produtora Miramax, um estúdio de cinema independente que era propriedade do gigante cinematográfico Walt Disney.

O New York Times conta que Weinstein convidou Judd a subir ao seu quarto, num hotal de Beverly Hills, para o que seria uma reunião de trabalho. Mas, em vez disso, o produtor pediu-lhe se lhe podia fazer uma massagem ou se ela poderia vê-lo a tomar banho.

A modelo italiana Ambra Battilana terá chegado a chamar a polícia, depois de Weinstein lhe ter agarrado os seios, relata o jornal.

Já depois da publicação do artigo, a jornalista de televisão Lauren Sivan contou ao HuffPost que Weinstein se masturbou em frente a ela.

Weinstein diz que está a tentar redimir-se com terapia

O artigo do New York Times baseia-se em dezenas de testemunhos de antigos e actuais funcionários da empresa que facultaram detalhes sobre o comportamento do produtor. Segundo o jornal nova-iorquino, Weinstein chegou a acordos extrajudiciais com pelo menos oito mulheres para resolver acusações de assédio sexual.

Num comunicado enviado ao jornal, o produtor admitiu que a forma como se comportou no passado, com companheiras de trabalho, provocou muitos danos, pelo que pediu perdão e uma segunda oportunidade.

“Apesar de estar a tentar melhorar, sei que tenho um longo caminho a percorrer”, reconheceu Weinstein no mesmo comunicado, garantindo que tenta corrigir a sua forma de actuar há dez anos com recurso a terapia.

Meryl Streep “em choque”

A actriz Meryl Streep, que trabalhou com Weinstein em vários filmes e que chegou a dizer que ele era um “Deus”, já veio manifestar-se “em choque” com as acusações de abuso sexual que define como “indesculpáveis” e um “abuso de poder”.

A conceituada actriz refere-se às vítimas como “heroínas” e trata de realçar que não sabia dos “actos coercivos inapropriados”, conforme declarações divulgadas pela CNN.

“O comportamento é indesculpável, mas o abuso de poder familiar”, diz, ainda, Meryl Streep, notando que a denúncia deste tipo de casos ajudará, em última instância, “a mudar o jogo”.

As actrizes Judi Dench, Glenn Close, Emma Thompson e Kate Winslet também se revelaram “chocadas” com as notícias sobre os abusos de Weinstein, tal como os actores Mark Ruffalo e Seth Rogen, entre outras personalidades.

Harvey Weinstein tem no currículo a produção de filmes de culto como “Reservoir Dogs” (1992), “Pulp Fiction” (1994) e “Malèna” (2000). Ganhou um Óscar de Melhor Produção com “Shakespeare in Love” (1998) e produziu, ainda, “Chicago” (2002), os três filmes da saga “O Senhor dos Anéis” (2001, 2002 e 2003), “O Discurso do Rei” (2010) e “Django Unchained” (2012), entre muitos outros filmes.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Tem razão Joaquim! Estão todas/os com o rabinho entre as pernas. O sucesso deles depende desta gente dita poderosa.
      A escumalha está a ser toda descoberta! As máscaras estão a cair todas!
      E aquele comportamento em Hollywood é considerado normal, quem nunca ouviu falar do “couch casting”?!… Fazem-se de parvas tapadinhas, são mas é umas hipócritas. E ainda há muitos mais como este pig, que sejam todos expostos e condenados!
      Drain the swamp!

    • Tem tudo a ver, realmente…
      Este palerma (que não faço ideia de quem é!), terá a mesma “importância” do que o palerma do Trump?!
      Pois…

RESPONDER

BPI multiplica lucros por dez no primeiro trimestre

O banco BPI obteve um lucro de 60 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, multiplicando por dez o resultado líquido obtido no período homólogo de 2020, resultado justificado pelo alívio na constituição de …

Imunidade de grupo pode ser impossível de atingir, avisam especialistas

No futuro, o vírus SARS-CoV-2 pode tornar-se endémico, mas menos perigoso e mais controlável, como “uma constipação comum”. Alguns especialistas avisam que as novas variantes do vírus SARS-CoV-2 e o ritmo lento da vacinação um …

Britânicos precisarão de documento de identificação com fotografia para votar

Nas próximas eleições para o Parlamento britânico, daqui a três anos, só poderão votar eleitores que possuam documento de identificação com fotografia, medida que visa diminuir a fraude eleitoral e que deverá ser anunciada na …

Em 2018, a PJ estava "na penúria" e a "ponto de encerrar"

Com recados ao Governo, a Directora Nacional Adjunta da Polícia Judiciária (PJ), Luísa Proença, lamenta o desinvestimento que tem sido feito pelo poder político na força de autoridade e revela que em 2018, quando chegou …

José Seguro acusa líderes europeus de "matar lentamente" a Europa

O antigo líder socialista António José Seguro defendeu no domingo que a ambiguidade dos líderes políticos e a morosidade dos processos de decisão nas instituições da União Europeia (UE) estão "a matar, lentamente, a Europa". O …

Marcelo não se pronuncia sobre pedidos de demissão de Cabrita

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recusou pronunciar-se sobre os pedidos de demissão de Eduardo Cabrita. Marcelo Rebelo de Sousa entende que os pedidos de demissão de ministros são "típicos da luta político-partidária" e …

TAP vai pedir a insolvência da Groundforce

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, disse esta segunda-feira aos representantes dos trabalhadores que a TAP vai avançar com um pedido de insolvência da Groundforce. A TAP anunciou esta segunda-feira que vai avançar, ainda hoje, com …

Ida de Luís Filipe Vieira para o Benfica "foi um pedido de várias instituições financeiras"

Luís Filipe Vieira diz que os bancos quiseram, no início dos anos 2000, que fosse para o SL Benfica devido à sua situação financeira, pois estavam interessados na sua viabilização. Aos deputados, o presidente das …

Alemanha autoriza vacina da Johnson & Johnson a menores de 60 anos

A Alemanha recomenda a vacina da Johnson & Johnson (Janssen) contra o novo coronavírus a partir dos 60 anos, mas permitirá o seu uso em pessoas abaixo desta idade após consulta médica e decisão pessoal. O …

Livatino é o primeiro juiz a ser beatificado. Foi morto pela máfia italiana

A Igreja Católica beatificou este domingo o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Rosario Livatino, que hoje teria 69 anos, foi assassinado em 21 de setembro de 1990 …