Ex-ministro Paulo Pedroso coordena campanha de Ana Gomes (e deixa duras críticas a Marcelo)

O antigo ministro e ex-porta-voz do PS, Paulo Pedroso, faz parte da equipa de coordenação de campanha de Ana Gomes à Presidência da República, avança o Jornal de Notícias esta quarta-feira.

Paulo Pedroso integrou o Governo de António Guterres em 2011 como ministro do Trabalho e Solidariedade Social e desvinculou-se do partido ainda antes das últimas legislativas.

Ao matutino, o antigo governante considera “errado” um partido fundador da Constituição, como o PS, desvalorizar a função presidencial. “Se o PS desvaloriza e não apela à mobilização dos cidadãos está a ver mal o equilíbrio de poder da Constituição”.

Sobre a antiga eurodeputada socialista, Ana Gomes, frisa os seus “valores progressistas e as causas” como uma mais valia para a função presidencial, “longe do frenesim da presença quotidiana” e deixa ainda duras críticas ao atual Presidente da República.

É amigo hoje para passar rasteira amanhã“, disse ainda Paulo Pedroso ao diário, considerando que Marcelo Rebelo de Sousa foi “completamente errante” no primeiro mandato do Governo socialista de António Costa e “não colocou, desde o primeiro dia, a questão da estabilidade de médio/longo prazo” do Executivo em funções.

Falando de uma relação com o Governo “aos solavancos”, o antigo ministro diz ainda que o “Presidente da República poderia ter tido um papel logo a seguir às legislativas”, reforçando que o sentido de voto dos portugueses foi o da continuidade da “geringonça”.

“Uns dias foi hiper crítico, outros dias hiper defensivo”, disse, defendendo que a Presidência da República exige “uma função mais reguladora e mais distante“, que represente “um eixo de poder moderador de qualquer Governo e não apenas deste”.

A seis meses do fim do mandato do atual Presidente da República, são já oito os pré-candidatos ao lugar de Marcelo Rebelo de Sousa.

São eles o deputado André Ventura (Chega), o advogado e fundador da Iniciativa Liberal Tiago Mayan Gonçalves, o líder do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho, a eurodeputada e dirigente do BE Marisa Matias, a ex-deputada ao Parlamento Europeu e dirigente do PS Ana Gomes, Vitorino Silva (mais conhecido por Tino de Rans), o ex-militante do CDS Orlando Cruz e a partir de hoje João Ferreira, do PCP.

Marcelo Rebelo de Sousa não confirmou ainda se vai concorrer a um segundo mandato.

As eleições estão marcadas para janeiro do próximo ano.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Francamente, Ana Gomes!
    Continuarás a ter o meu voto, mas ter o Paulo Pedroso como coordenador de campanha não é um tiro no pé, é uma bazookada! Abdica do homem! Até pode ser um santo, mas todos ouvimos as escutas!!!

RESPONDER

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …