É estupidamente fácil ganhar a III Guerra Mundial

(dr) Policy Exchange

Submarino militar nas proximidades de um cabo submarino de comunicações

Graças à nossa dependência da Internet e tendo em conta que estamos numa época de guerras cibernéticas, uma possível Terceira Guerra Mundial seria “estupidamente fácil de ganhar”.

De acordo com o repórter do The National Interest, Steve Weintz, bastaria cortar os cabos de fibra ótica que passam pelo fundo do oceano para causar uma séria destruição nas comunidades inimigas.

A maioria dos dados são transferidos através destes cabos de fibra submarinos, explica o autor, apontando que, na realidade, só uma pequena parte dos dados passa pelos sistemas de satélite.

Para exemplificar os efeitos devastadores recorrentes da perda da Internet e das demais comunicações, o colunista menciona um acontecimento nas ilhas Marianas, no oceano Pacífico. Naquela altura, uma queda de rochas rompeu o único cabo de fibra ótica que conectava o arquipélago com a rede internacional.

Como consequência, todos o voos foram cancelados, os terminais multibanco não funcionavam nos estabelecimentos e não havia qualquer conexão via Internet ou telemóvel. Posteriormente, um navio especializado em Taiwan reparou o cabo, mas o incidente mostrou os inúmeros problemas que uma perda de conexão pode causar.

Por tudo isto, Weintz está convencido que, em caso de um conflito, um dos lados pode vencer o inimigo cortando os cabos de alta velocidade. Esta rutura pode ser feita nas profundezas no mar ou nos lugares onde estes cabos passam na costa, tornando-os assim especialmente vulneráveis.

Telegeography.com / Asia Times

Mapa da rede mundial de cabos submarinos de telecomunicações

Segundo o colunista, para fazer o corte apenas são necessários submarinos que cheguem às profundezas do oceano. E nesse aspecto, a União Soviética trabalhou arduamente para desenvolver a sua capacidade de desenvolver operações em águas profundas. Consequentemente, a Rússia herdou as suas conquistas.

De acordo com o jornalista, uma das mais recentes demonstrações neste sentido foi a exploração do fundo do Ártico com a consequente implantação de uma bandeira russa a 4 mil metros de profundidade.

Steve Weintz nota que a Rússia detém a maior frota para águas profundas tripuladas do mundo. “Juntamente com a sua crescente frota de resgate submarino e forças especiais marítimas, a Rússia agora tem uma capacidade de guerra submarina híbrida muito poderosa”, concluiu.

Não é a primeira vez que uma suposta ameaça russa aos cabos de Internet é discutida. No entanto, e apesar das declarações alarmistas, os especialistas em comunicações dizem que a possibilidade disto acontecer acaba por ser muito menos aterrorizante do que o imaginário militar.

Quanto à possível “ameaça russa”, os analistas apontam que a destruição de cabos de computador seria uma desvantagem muito mais significativa para o país, já que muitos conteúdos dos EUA estão disponíveis em servidores locais na América do Norte.

Por tudo isto, seria improvável que os próprios russos fossem desconectados.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Sim tão poderosos são os russo que deixaram morrer todos os tripulantes do Kursk! Até a Noruega estava em melhores condições para salvar os tripulantes, e nem falo dos EUA, note-se, porque não preciso! Uma coisa é por uma bandeira outra é conseguir fazer mais do que isso! Não descobriram o Titanic nem tiveram capacidade para tal, enquanto isso os ocidentais vendem em leilões os pratos do navio.

  2. Eu acho que é muito fácil ganhar a terceira guerra mundial. É ser o primeiro a disparar e mandar logo todo o arsenal nuclear de uma só vez. Não há como perder.

  3. basta um virus informatico com certas capacidades ,e voltamos todos a idade da pedra durante uns tempos,e os poucos meios que temos de guardar informaçao digital de forma fisica e incorruptivel cd, dvd,blue-ray etc..existe um esforço internacional para acabar com esses meios,hoje em dia se quiser comprar um pc com leitor gravador de cd,dvd novo,ja vou ter muita dificuldade ! a nova ordem mundial,nao quer pessoas a guardar dados que nao possam ser facilmente alterados por um sofware malicioso

  4. O pessoal está a esquecer—se dos sinais de fumo… Tomem mas é todos juizinho na tola e passem um bom fim de semana.

Responder a Jose Cancelar resposta

Utentes da Soflusa estão “cansados” de constantes supressões

Os utentes da Soflusa mostraram-se esta segunda-feira "cansados" das constantes supressões das ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, que estão hoje a acontecer durante todo o dia devido à falta de mestres. "Já estou a …

Banco Alimentar recolhe 1.605 toneladas de alimentos no fim de semana

O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 1.605 toneladas de alimentos durante o fim de semana da campanha nacional que decorreu em mais de duas mil superfícies comerciais, anunciou a presidente do Banco Alimentar contra …

Sérgio Conceição apontado à Lazio

A imprensa italiana aponta esta segunda-feira o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, à Lazio. O técnico português, recorde-se, passou pelo emblema italiano em duas ocasiões como jogador de futebol. O jornal italiano Il Messaggero adianta …

Filial portuguesa de multinacional alemã envolvida em subornos em Angola

A sucursal portuguesa em Angola da multinacional alemã Fresenius Medical Care, que actua na área médica, esteve envolvida num esquema de pagamento de subornos a médicos e militares angolanos que renderam 124 milhões de euros …

CGD acaba com empresa que criou há quase 20 anos com a PT

Criada há quase 20 anos pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e pela Portugal Telecom (PT), a Caixanet foi liquidada no início deste ano, bem como a Caixa Tec e a Sogrupo, duas outras empresas …

MB Way. Bancos "fecham" aplicação para cobrar comissões diferenciadas nas transferências

Em pleno arranque do 'open banking', os bancos estão a substituir a aplicação MB Way por soluções próprias que "amarram" os clientes, com o propósito de cobrar comissões diferenciadas nas transferências através do telemóvel. Segundo noticiou …

A abstenção venceu. É a mais alta de sempre

A abstenção foi a grande figura das eleições europeias deste domingo, tendo 68,7% dos portugueses optado por não votar. A abstenção em Portugal voltou a atingir um novo recorde, enquanto que a taxa de participação …

Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado. Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de …

Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …

Sindicalista que parou o país vai representar seguranças privados

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas e Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, vai acumular este cargo com a vice-presidência de um outro sindicato, o Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP), que …