Especial ZAP | “É preciso frescura”. Tino de Rans quer um “cantinho” no Parlamento para dar voz ao povo

RIR

Frescura e juventude são os conceitos que marcam a campanha eleitoral do RIR, o partido de Tino de Rans. Em entrevista ao ZAP, o líder deixou claro que não se importa de ser “uma pedra pequena”, mas quer chegar “à primeira fila”. Para Tino de Rans, é preciso dar “a vez ao povo”.

O partido RIR (acrónimo de Reagir, Incluir e Reciclar), cujo líder é Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans, nasceu a 30 de maio deste ano. De acordo com o site do partido, o RIR assume-se como um partido “humanista, pacifista, ambientalista, europeísta e universal com o grande propósito de aproximar eleitores e eleitos, devolvendo à política a sua missão de serviço público em defesa do Bem Comum e defesa da Democracia”.

Em entrevista ao ZAP, Vitorino Silva sublinha que a principal bandeira eleitoral do RIR é o “combate à abstenção”. “O que é certo é que já há muito tempo em Portugal, quando há eleições, às vezes, 70% dos eleitores não vota”, diz o líder do partido, falando numa percentagem que recorda a abstenção nas Eleições Europeias deste ano.

Vitorino Silva critica mesmo os “partidos do regime”, afirmando que “lhes convém que os jovens não votem porque vão beneficiar da abstenção”.

A razão para a grande abstenção, para Vitorino Silva, é clara: “os partidos estão afastados das pessoas”. E é para contornar isto que o RIR nasceu: “É preciso frescura. Somos um partido fresco e jovem”.

Entre as propostas do RIR para o combate à abstenção está o voto eletrónico. Vitorino Silva dá como exemplo a criação de uma plataforma semelhante ao Portal das Finanças – “onde as pessoas pagam o IRS” – para que os jovens não tenham de se deslocar às mesas de voto. “Considero que temos de acompanhar a evolução da Tecnologia”, explica o líder do partido.

Em relação à Saúde, em declarações ao ZAP, Vitorino Silva critica a desorganização do sistema. “A Saúde tem de ser mais organizada. Não faz sentido uma pessoas esperar num hospital doente, às vezes, 12 horas, 15 horas, 20 e tal horas”, diz.

“Juventude” é a palavra de ordem para o RIR. Na Educação, o líder faz referência ao emprego para os recém-licenciados que, segundo Vitorino Silva, não existe. Para o político, “não faz sentido um jovem acabar o curso numa sexta-feira e, na segunda-feira seguinte, não ter emprego”. É por isso que um dos objetivos do partido é motivar a juventude. “É muito duro ver a juventude desmotivada. Quer queiramos, quer não, os jovens são o futuro deste país”, desabafa.

Ainda há espaço no partido para pensar no ambiente, tema central que tem estado em voga na política nacional e internacional. Vitorino Silva diz mesmo que o RIR, além de ser um partidos das pessoas, é um partido “do oxigénio”. “Mais importante do que ter o voto das pessoas é ter o voto da natureza“, afirma o líder.

Numa altura em que os cientistas alertam para as alterações climáticas e o impacto que podem ter no planeta, Vitorino Silva recorda mesmo que “o homem tem de mudar”. “Já não sei se é o homem que cava a terra, se é a terra que cava o homem, afirma.

Em relação aos últimos quatro anos, o líder diz que o Governo “fez coisas muito boas e coisas muito más” – mas não as especifica. Aliás, diz mesmo que “o RIR não está aqui para a avaliar, mas para ajudar a construir”.

O partido diz ser preciso dar “a voz e a vez ao povo”. Em jeito de conclusão, Vitorino Silva apela ao voto, para que o RIR – “que representa o povo” – possa “chegar à primeira fila” e “ter um cantinho no Parlamento”.

Nota: No âmbito das Eleições Legislativas 2019, o ZAP contactou os partidos que, em 2015, reuniram mais de 0,50% dos votos.

MC, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Apenas, só leio as propostas de partidos não do monopólio político (Tipo PS, PSD, e afins).

    Os partidos do costume, tiveram décadas para implementar soluçoões.
    Os desastres de leis, decisões, etc, que foram feitos, e criaram défice, e má imagem dos políticos (familygate), também eu poderia fazer, por muito menos dinheiro.

    Sendo assim, se fossem só esses partidos, nem sequer iria às urnas..

RESPONDER

Esta é a cidade com mais Alzheimer do mundo (e a culpa é de uma estranha mutação genética)

Na Colômbia, os habitantes da cidade de Yarumal parecem estar condenados a uma maldição que os faz esquecerem-se da sua vida, morrendo pouco tempo depois do início dos sintomas. Milhares de pessoas, pertencentes a apenas 25 …

Idosa de 93 anos recuperou de Covid-19 (e há 6 crianças em estado grave no Dona Estefânia)

Uma mulher de 93 anos que esteve internada em Lisboa, com Covid-19, recuperou da infecção ao cabo de 11 dias. Enquanto isso, há seis crianças com idades entre 4 meses e 17 anos que estão …

"Grande erro" da Europa é não usar máscaras, considera especialista chinês

George Gao, diretor dos Centros de Controlo e Proteção de Doenças da China (CDC), considera que o "grande erro" da Europa no combate à pandemia de covid-19 é o facto de as pessoas não usarem …

Obama critica Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …