Caixa tem 2,3 mil milhões em risco por empréstimos concedidos sem garantias

Paulo Novais / Lusa

O ex-ministro Armando Vara

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem mais de 2,3 mil milhões de euros de empréstimos que correm o risco de não serem pagos. Uma auditoria coloca em causa a forma como foram concedidos vários créditos sem garantias suficientes.

Os resultados desta auditoria, que terminou em Agosto de 2015, são divulgados pelo Correio da Manhã num artigo intitulado “Crédito a amigos afunda Caixa”.

O diário faz referência ao facto de Armando Vara e Carlos Santos Ferreira, que foram nomeados para a administração da CGD, em 2005, pelo então ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, terem alegadamente autorizado “os créditos mais complicados”.

Entre os nove maiores devedores da CGD estão os grupos Espírito Santo, Lena e Efacec e o grupo do angolano António Mosquito com dívidas da ordem dos 912 milhões de euros, conforme avança o CM.

A auditoria citada pelo CM atesta que a Caixa concedeu empréstimos com “deficiente análise de risco” ou “com garantias claramente insuficientes“, salientando que estão em causa “mais de 2,3 mil milhões de euros de empréstimos em risco de não serem pagos”.

A mesma análise apurou que, entre 2011 e 2015, os créditos da CGD dados como perdidos chegaram aos 6,1 mil milhões de euros, com uma margem financeira a situar-se no zero.

O maior devedor da CGD é o Grupo Artlant, com empréstimos de 476,4 milhões de euros e 214,4 milhões em créditos perdidos (imparidades). Este grupo tinha planos para a construção, em Sines, do maior projecto industrial de Portugal, para produzir ácido tereftálico purificado, a matéria-prima das embalagens de poliéster, mas teve que abandonar a ideia depois da falência do seu principal accionista, os espanhóis do La Seda.

O Grupo Efacec, vendido pelo Grupo Mello e pela Têxtil Manuel Gonçalves a Isabel dos Santos, obteve 303,2 milhões de euros de créditos da CGD e tem 15,2 milhões de créditos perdidos.

Segue-se o empreendimento do Vale de Lobo com 282,9 milhões de euros de exposição e 138,1 milhões em imparidades. O papel de Armando Vara como administrador da CGD, no âmbito do empreendimento turístico no Algarve, já lhe valeu a constituição como arguido na Operação Marquês, processo onde José Sócrates é também suspeito.

A Auto Estradas Douro Litoral, com 271,3 milhões de exposição e 181,4 milhões de imparidades, está também entre os principais devedores da CGD, tal como o Grupo Espírito Santo com 237,1 milhões de euros em créditos e 79 milhões de imparidades.

O Grupo Lena tem 225 milhões de créditos e 76,7 milhões de imparidades na CGD, enquanto o grupo de António Mosquito tem 178 milhões de euros de empréstimos e 49,2 milhões de euros de créditos perdidos.

A Reyal Urbis tem 166,6 milhões de euros de empréstimos e 133,3 milhões de imparidades, enquanto a Finpro SCR conta com 123,9 milhões de euros e 24,8 de imparidades na CGD.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. “A mesma análise apurou que, entre 2011 e 2015, os créditos da CGD dados como perdidos chegaram aos 6,1 mil milhões de euros, com uma margem financeira a situar-se no zero.”

  2. Onde é que eu já vi isto? Ah pois foi. O BPN nacionalizado depois pela CGA e vendido posteriormente a uns angolanos.

  3. Maldito xuxalismo e malditos lideres xuxalistas e boiadas afins, que desde o tempo do marocas merdioso chulores, ao estroina tonecas, ao bandalho canalha retorico cigarra despesista zeca sokratino que duplicou dívida de 60%PIB para 115%PIB ou seja de 90000 milhoes euro para 175000 milhoes euro (entre 2005 e junho 2011, qd fugiu para Paris), até ao ultimo boneco oportunista monhé-sem-costas, tudo fizeram e fazem para DESTRUIREM PORTUGAL de bancarrota em banbcarrota. Grandes putas pú-liticas os pariram, kus deviam ter abortado à nascença.

  4. Enquanto houver gente gananciosa (de dinheiro ) e prostitutas políticas no poder , este país nunca mais se endireita. A função de um governante é trabalhar no sentido de criar e preocupar-se com as melhores condições de vida do seu povo…. E isso não acontece. A expressão ” o povo é quem mais ordena” é mais não é mais do que uma conversa de café deitada fora… Deixaram pousar os abutres, o problema foi esse….

  5. g1.globo.com
    G1 – O portal de notícias da Globo
    g1.globo.com
    ‘Não existe país com governo corrupto e população honesta’, diz historiador
    g1.globo.com.
    Ninguém tem moral…Ter tem… no máximo a 5% em cada mil. Estão todos longe de ser considerados como JUSTOs. Então será de bom senso ignoral a moral…A… e criar uma lei que condene severamente qualquercorrupto que roubar qualquer colega. Essa lei deve ficar conhecida como Moral B

    • Eh lá…
      5% em mil?
      Onde é que vive?!
      Isso é mais um site manhoso brasileiro e a notícia aplica-se ao Brasil…
      Felizmente, onde eu vivo aqui em Portugal, diria que 95% das pessoas tem “moral”!!
      Mau seria se fosse ao contrário…
      E nem sequer acredito que, mesmo no Brasil, só haja 5% de pessoas com “moral!…

RESPONDER

Estado recebeu 671 milhões do Banco de Portugal em 2020

Em ano de pandemia, o Banco de Portugal (BdP) deu 671 milhões de euros em dividendos ao Estado, segundo os dados divulgados, esta quinta-feira, pelo supervisor da banca. No Relatório do Conselho de Administração de 2020, …

Pedrógão Grande. Testemunha afirma que Câmara a aconselhou a mudar a morada fiscal

A proprietária de uma segunda habitação reconstruída após o incêndio de 2017, em Pedrógão Grande, disse esta quinta-feira que alterou a sua morada fiscal a conselho de um "senhor Bruno", da Câmara Municipal. O julgamento das …

Corrida aos combustíveis. Ciberataque a oleoduto provoca pânico nos EUA

Quase dois terços dos postos de gasolina do sudeste dos Estados Unidos registam escassez de combustível, depois de um ciberataque à maior rede de oleodutos do país ter obrigado a suspender as operações desde sexta-feira. A …

Cecília Meireles sente "enorme tristeza" por ver CDS com 1% nas sondagens

A deputada centrista abordou vários temas numa entrevista, publicada esta quinta-feira, desde a queda do CDS nas sondagens ao seu lugar de deputada na Assembleia da República. Numa entrevista à rádio Renascença e ao jornal Público, …

"Chernobyl do século XXI." Pandemia de covid-19 poderia ter sido evitada, dizem especialistas

A pandemia de covid-19 podia ter sido evitada e o mundo deve aprender com os erros que não permitiram travar a disseminação do vírus, conclui um novo relatório, divulgado esta quarta-feira. A pandemia de covid-19 poderia …

"Estamos a ver a patologia da banca. Uma patologia triste", diz CEO do Novo Banco

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, tem visto, nos últimos tempos, grandes devedores da instituição financeira a explicarem-se na comissão de inquérito, classificando o que assiste como "triste". "Estamos a ver a patologia da …

Maduro aceita conversar com Guaidó sobre "acordo de salvação" da Venezuela

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou estar disposto a reunir-se quando a oposição quiser, um dia depois de o líder opositor Juan Guaidó propor um "acordo de salvação" da Venezuela, entre as "forças democráticas" e …

No Brasil, os "velhos" goleadores estão em destaque (e na Europa, ainda dão cartas)

Os goleadores de quase metade das equipas brasileiras que disputam a Copa Libertadores e a Sul-Americana têm mais de 30 anos. Aos olhos do futebol podem ser "velhos", mas preenchem o vazio dos jovens que …

Morreu Maria João Abreu. Atriz tinha 57 anos

Maria João Abreu morreu esta quinta-feira, após ter sofrido dois aneurismas. A atriz tinha apenas 57 anos. Maria João Abreu estava internada no Hospital Garcia de Orta, em Almada. A atriz, de 57 anos, foi submetida …

Um óbito e 436 novos casos registados nas últimas 24 horas

Esta quinta-feira, Portugal regista mais um óbito e 436 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …