Historiador defende que Bussaco era marcador de navegação para os fenícios

A serra do Bussaco funcionou como “marcador de cabotagem” para os navegadores fenícios que fundaram colónias na foz do Mondego (Ereira) e na ria de Aveiro (Ílhavo), defende o historiador Nuno Alegre, no seu novo livro.

Intitulado “Bussaco versus Buçaco”, o novo livro do historiador e hoteleiro do Luso será lançado em 15 de junho, numa sessão ‘online’ através da plataforma Zoom.

Na obra, Nuno Alegre procura responder à dúvida sobre a grafia correta da serra que alberga a Mata Nacional e depois dá um salto no tempo, documentando a construção e evolução do Palace Hotel e do Alegre Hotel, recorrendo a fotografias e textos originais da época de construção, reunidos ao longo de anos.

Bussaco ou Buçaco? O historiador conclui que podem ser usadas as duas designações, remontando à presença de fenícios e romanos nos campos férteis do Vouga e Mondego, em 100 a.C.

No livro, terminado durante o período de confinamento, Alegre manifesta a sua inclinação para a origem fenícia da palavra, argumentando que a serra era um marco para os navegadores, por ser visível a partir da costa.

“Ainda hoje é possível ver o topo da serra a partir da costa”, argumenta o historiador e hoteleiro, que apresenta no livro cálculos matemáticos feitos com recurso a instrumentos de navegação, que supostamente demonstram que Ereira, Ílhavo e Bussaco formam um arco geográfico perfeito.

Neste contexto, o historiador avança a hipótese de a palavra fenícia Baqqac (Busca) ser a origem da designação Bussaco. Reconhece também que existem vestígios romanos em que Bussaco aparece grafado com uma cedilha.

No seu primeiro livro, “De Luso”, Nuno Alegre avançou a hipótese de na povoação vizinha da Vacariça ter existido uma enorme fundição de ferro, da fase final do domínio romano, em transição para o período visigótico.

Essa hipótese acabaria por ser reconhecida como sustentada pelo Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR), que declarou a zona da fundição como lugar de interesse arqueológico, o que levou à alteração do PDM da Mealhada.

Alegre defendia também que os romanos foram os precursores da tradição termalista do Luso, cujas águas acabaram por trazer notoriedade à vila.

Entre todos os hotéis que se instalaram no eixo Bussaco-Luso, destaca-se o Palace, que ocupa o antigo pavilhão de caça do último rei português, em plena mata de 105 hectares, candidata a Património Mundial da UNESCO.

Na vila do Luso, para além do Grande Hotel, o historiador traça a história do Alegre Hotel, propriedade da sua família, um dos mais antigos hotéis portugueses em funcionamento permanente.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ZAP:

    Sobre Bussaco-Buçaco pronunciaram-se já as autoridades linguísticas há muito tempo (1946 e 1966) e nem o infeliz último acordo ortográfico alterou as coisas.
    Penso, portanto, que além de publicitar gratuitamente o livro com o respectivo título – de que o autor tem toda a liberdade de interrogar-se sobre a grafia correcta – o artigo deveria respeitar as regras, como frequentemente argumenta quando os leitores levantam dúvidas.

    Veja-se:
    https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/serra-do-bucaco/12216
    https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/novamente-a-grafia-de-bucaco/33903

    Infelizmente a “bíblia” do Zap – o Priberam – não tem a palavra nas definições, embora escreva com “ç” na definição de ‘dazilírio’.

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo seu reparo.
      Tal como consta na segunda das referências que indicou, “em síntese, a forma correta atual é Buçaco, mas, para fins comerciais, turísticos ou no âmbito da cultura local, é possível usar a forma usada do século XVII em diante, Bussaco”.
      Além disso, o próprio historiador acerca do qual versa esta notícia “conclui que podem ser usadas as duas designações”.
      Assim, não vemos que seja óbvia a necessidade de “corrigir” o termo usado no nosso título, nem que o mesmo esteja a ferir as regras com que nos guiamos.

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …