Trump queixa-se de caça às bruxas após “relatório” russo comprometedor

2913

Gage Skidmore / Flickr

O milionário e candidato republicano às eleições norte-americanas Donald Trump

O milionário e candidato republicano às eleições norte-americanas Donald Trump

Donald Trump disse estar a ser alvo de um “caça às bruxas política”, após notícias de que foi avisado pelos serviços de informação norte-americanos que a Rússia tem na sua posse material alegadamente comprometedor sobre o Presidente eleito.

“Notícias falsas – uma total caça às bruxas política!”, escreveu Trump na sua conta de Twitter, usando apenas letras maiúsculas, depois de a CNN noticiar que os chefes dos serviços de informação o alertaram, na semana passada, sobre este material, durante uma reunião em que discutiram o alegado envolvimento da Rússia nas eleições norte-americanas.

O material sintetizado em duas páginas foi apresentado a Trump durante a com o diretor das Informações Nacionais (DNI), James Clapper, da polícia federal (FBI), James Comey, e das agências Central de Informações (CIA), John Brennan, e da Segurança Nacional (NSA), Mike Rogers.

A estação televisiva sustenta a sua história em “múltiplos” funcionários norte-americanos com conhecimento dessas reuniões.

O jornal New York Times acrescenta que não conseguiu comprovar uma série de detalhes que estavam incluídos nos documentos, entre os quais estão vídeos de teor sexual que envolvem Donald Trump e prostitutas russas, numa visita a Moscovo em 2013, que seria usados pela Rússia para chantagear Trump.

Pelo menos parte da informação apurada foi obtida por um ex-agente do serviço de informações britânico MI6, que esteve colocado em Moscovo na década de 1990 e agora tem uma empresa, adianta a televisão de Atlanta. As suas investigações começaram por ser financiadas por apoiantes de opositores de Trump durante as primárias republicanas.

As duas páginas com alegada informação comprometedora, de caráter pessoal e financeiro, segundo a CNN, serão de conhecimento muito reservado. Apenas Obama, Trump e os quatro líderes partidários do Congresso e os quatro principais membros das comissões de Informações do Senado e da Casa dos Representantes conheceriam o seu conteúdo, além dos dirigentes dos serviços de informações.

As páginas sintetizariam um conjunto de 35 – que a CNN garantiu já ter visto e que foram entretanto publicadas pelo site Buzzfeed News – que o senador republicano John McCain já teria entregue ao diretor do FBI.

Além da eventual informação pessoal e financeira comprometedora, a CNN adiantou ainda que a sinopse de duas páginas incluiria alegações da existência de um fluxo contínuo de informação entre Trump e o Governo russo, com recurso a vários intermediários.

Moscovo nega ter informação comprometedora

Um porta-voz do chefe de Estado russo negou, esta quarta-feira, que o Kremlin tinha reunido informação comprometedora sobre o Presidente eleito dos Estados Unidos.

Dmitry Peskov considerou as declarações de um responsável norte-americano à agência noticiosa Associated Press (AP) “completamente falsas e absolutamente disparatadas”, e insistiu que o Kremlin “não procura obter informação comprometedora”.

O site WikiLeaks informou que as alegações de que “agentes russos” possuiriam informações comprometedoras sobre o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, não são confiáveis.

“O ficheiro de 35 páginas publicado pelo Buzzfeed sobre Trump não é um relatório de inteligência. O estilo, os factos e as datas não mostram credibilidade”, escreveu o WikiLeaks no Twitter.

“Nós não aprovamos o documento publicado pelo Buzzfeed, que é claramente fictício”, comentou o WikiLeaks. De acordo com os media, o FBI está a investigar a credibilidade dos dados.

ZAP // Lusa / SN

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sendo ou não legítimo, o documento, há muito que desconfio das ligacoes do Wikileaks ao FSB e esta prontidão deles para deixar um tweet, para semear mais dúvidas só me deixa mais desconfiado.

    -JS

  2. Os media estão a cair na sua própria malha. Fake news? podem ser todos. Nem sequer verificam as suas fontes…Tristeza. Repetem tudo uns dos outros…

RESPONDER

-

Unesco classifica como "crime de guerra" destruição de tesouros pelo Daesh

A diretora geral da Unesco classificou hoje como "um crime de guerra e uma perda imensa para o povo sírio e para a humanidade" a mais recente destruição de tesouros arqueológicos pelo Daesh em Palmyra, …

-

"América primeiro": Donald Trump já é Presidente dos EUA

O multimilionário tomou posse esta sexta-feira como novo Presidente dos Estados Unidos, numa cerimónia pública junto ao Capitólio, em Washington. A cerimónia de tomada de posse de Donald Trump como 45.º presidente dos Estados Unidos começou …

Primeiro-Ministro António Costa conversa com deputada Catarina Martins (BE) antes do encerramento do debate do Orçamento do Estado para 2016

TSU lança ameaça de crise na Geringonça

As divisões à esquerda na temática da Taxa Social Única (TSU) estão a criar desconforto na "Geringonça", e um deputado independente já sugeriu uma moção de confiança - que o PS rejeita. Francisco Assis coloca já a hipótese de eleições …

Primeiro-Ministro António Costa e Ministros Adjunto, Eduardo Cabrita, e do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques

Presidentes das CCDR vão ganhar mais 1.310 euros por mês

O governo quer dar mais poderes às Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional e com isso, propõe o aumento do salário dos respectivos presidentes que passarão a ganhar mais 29%, ou seja, uma subida de …

Carlos Alberto Silva, ex-treinador do FC Porto

Morreu Carlos Alberto Silva, treinador bicampeão pelo FC Porto

Carlos Alberto Silva, antigo treinador bicampeão pelo FC Porto, morreu na madrugada desta sexta-feira, aos 77 anos, em Belo Horizonte, Brasil. O antigo treinador tinha sido operado ao coração no final do ano passado e …

A tenista Venus Williams

ESPN afasta comentador que comparou Venus Williams a um gorila

A cadeia televisiva retirou Doug Adler da cobertura do Open da Austrália, com base na má "escolha de palavras" do comentador, acusado de ter comparado a movimentação da tenista norte-americana Venus Williams à de um …

Loalwa Braz Vieira, do grupo Kaoma, cantora do super hit "Lambada (Chorando Se Foi)"

Suspeito de assaltar e matar Loalwa Braz era funcionário da pousada da cantora

As autoridades brasileiras prenderam três suspeitos de assaltar e matar a intérprete da "Lambada" e "Chorando Se Foi", nesta quinta-feira. Loalwa Braz Vieira, de 63 anos, foi assaltada e morta por um grupo, onde se inclui …

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

Há fortes indícios de que os gémeos iraquianos tentaram matar Rúben Cavaco

O Ministério Público considera que há "fortes indícios" de que os filhos gémeos do Embaixador do Iraque em Portugal tentaram matar o jovem Rúben Cavaco. Entretanto, sabe-se que o diplomata, que foi afastado do cargo, …

-

Donald Trump toma hoje posse como Presidente dos EUA

O multimilionário, de 70 anos, toma posse esta sexta-feira numa cerimónia pública junto ao Capitólio, em Washington, tornando-se no homem mais velho a assumir a Presidência dos Estados Unidos. Ao meio-dia de Washington (17h00 em Lisboa), …

-

Gabriela Canavilhas vai ser a candidata do PS em Cascais

A ex-ministra da Cultura Gabriela Canavilhas será a candidata do PS às autárquicas deste ano em Cascais, informoue sta sexta-feira o presidente da concelhia do partido, Luís Miguel Reis. O nome da antiga ministra do Governo …