Baleias encalhadas na Nova Zelândia em risco de explodir

4980

As autoridades da Nova Zelândia continuam a árdua tarefa de retirar da praia de Golden Bay, na ilha Sul, as mais de 300 carcaças de baleia que morreram, neste fim-de-semana. E têm também que lidar com o risco de os animais explodirem.

Depois de mais de 600 baleias-piloto terem ficado encalhadas na praia de Golden Bay, na ilha Sul da Nova Zelândia, dezenas de pessoas ajudaram a salvar cerca de 400 animais. Mas os restantes morreram e são, agora, um imenso problema para as autoridades neo-zelandesas.

Além das questões logísticas, associadas à necessidade de retirar mais de 300 cadáveres que atingem cerca de 6 metros de comprimento, o Departamento de Conservação da Nova Zelândia (DOC) está ainda preocupado com a possibilidade de as baleias explodirem, devido à acumulação de gases, durante o processo de decomposição.

Esta circunstância levou as autoridades a proibirem o acesso a toda a área da praia e a lançar o apelo às populações para a contactarem se encontrarem carcaças de baleias nas costas próximas, que possam ter flutuado para longe do local onde morreram.

“A área está, actualmente, fechada ao público por causa do risco de as baleias explodirem”, salienta o DOC num comunicado citado pela agência Reuters.

Os elementos do DOC estão a abrir buracos nas baleias, usando facas e agulhas de dois metros, para “libertar os gases internos que acumulam pressão”, podendo gerar uma explosão, afiança a mesma fonte.

“Já vi baleias a explodir, não é uma vista bonita”, destaca por seu turno, o porta-voz do DOC, Herb Christophers, citado pelo site Phys.org.

“Infelizmente, quando uma baleia aquece, acumula-se muita pressão no seu corpo e a única opção é explodirem”, explica ainda Amanda Harvey, também do DOC, à televisão neo-zelandesa TVNZ, conforme declaração transcrita pelo Phys.org.

As autoridades vão demorar vários dias a retirar as carcaças da praia, deslocando-as para um local inacessível, onde vão ficar em decomposição natural.

As causas do encalhamento continuam, entretanto, por conhecer, mas admite-se que possa ter sido motivado pelas águas lamacentas e de baixa profundidade da praia que “confundem os sonares das baleias, deixando-as vulneráveis” perante a “maré vazante”, conforme explica à Reuters um elemento da organização de ambiente marinho Project Jonah.

Entre 1976 e 2000, foram registados 165 encalhamentos de baleias-piloto na Nova Zelândia, num total de 6000 animais envolvidos, segundo dados divulgados pela Sky News. O evento deste fim-de-semana terá sido o terceiro maior encalhamento de sempre.

ZAP //

RESPONDER

Através do estudo de magnetizações remanescentes em antigos meteoritos, uma equipa do MIT determinou que a nebulosa solar - o vasto disco de gás e poeira que veio a formar o Sistema Solar - durou entre 3 e 4 milhões de anos

Cientistas estimam o tempo de vida da nebulosa solar

Há cerca de 4,6 mil milhões de anos atrás, uma enorme nuvem de hidrogénio gasoso e poeira colapsou sob o seu próprio peso, eventualmente achatando-se num disco chamado nebulosa solar. A maioria deste material interestelar contraiu-se …

-

Comer mais gordura é mais prejudicial para os homens do que para as mulheres

As gorduras são essenciais na nossa dieta, e os especialistas recomendam que correspondam a 20% a 30% das calorias que consumimos diariamente. Mesmo assim, é do conhecimento geral que comer muita gordura pode ser prejudicial para …

-

FC Porto vence Boavista e não larga Benfica

Um golo de Soares, aos sete minutos, deu hoje o triunfo ao FC Porto em casa do Boavista por 1-0, em jogo da 23.ª jornada da I Liga de futebol que deixa os 'dragões' novamente …

Manuel Vicente, vice-presidente de Angola

Jornal de Angola critica justiça portuguesa: "Tanta falta de vergonha"

O Jornal de Angola retomou este domingos as críticas a Portugal, afirmando que "custa ver tanta falta de vergonha", a propósito da divulgação pela comunicação social do processo na Justiça portuguesa envolvendo o vice-presidente angolano, …

Neil Fingleton, Mag the Mighty em Guerra dos Tronos

Morreu o homem mais alto do Reino Unido (e da Guerra dos Tronos)

Morreu este sábado, vítima de ataque cardíaco, o actor e basquetebolista britânico Neil Fingleton, o homem mais alto do Reino Unido. O malogrado actor Neil Fingleton, de 36 anos, desempenhava vários papéis na série 'Guerra dos Tronos', …

O 'coração' de Marte

NASA publica foto inédita do coração de Marte

A agência espacial norte-americana NASA publicou uma imagem rara da superfície marciana, na qual se pode observar a rocha-mãe do planeta vermelho. De acordo com a NASA, a maior parte da superfície do quarto planeta do …

O actor Bill Paxton

Actor Bill Paxton morre após cirurgia

O ator norte-americano Bill Paxton, conhecido pela sua participação em filmes como "Aliens" ou "Titanic", morreu no sábado, aos 61 anos, na sequência de complicações após uma cirurgia, divulgou hoje a imprensa norte-americana. Citado pela revista …

-

O “telefone mais destrutivo da história” é falso

O director do Museu de Comunicações de Frankfurt aponta discrepâncias quanto ao suposto telefone vermelho de Adolf Hitler, apresentado como a “arma mais destrutiva” da história, recentemente vendido por 239 mil euros em leilão - …

O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

Núncio "confessou responsabilidade" (e o país "deve-lhe muito")

O PCP considerou hoje que a "confissão" do ex-secretário de Estado Paulo Núncio no caso das transferências para 'offshore' responsabiliza não só o CDS, mas também o PSD e o anterior Governo. O antigo secretário de …

Freedom 251, o smartphone indiano de 3 euros

Criador do smartphone de 3 euros foi preso por fraude

Mais uma vez se comprova que quando as coisas parecem boas demais para serem verdade... quase sempre o são: e o smartphone de 3.29 euros que nunca se veio a concretizar não é excepção. Há um …