Contrato secreto prevê criação de mais portagens

0

Florida Turnpike / Flickr

Os condutores portugueses arriscam-se a vir a pagar ainda mais portagens, devido a um novo contrato de concessão da Infraestruturas de Portugal, elaborado com o conhecimento do governo de Passos Coelho.

O “contrato preliminar de concessão” em causa é centrado na criação de novas formas de financiamento e permite a introdução de portagens em vias com perfil de auto-estrada que actualmente não são alvo de pagamento.

O cenário é descrito pela TVI, que teve acesso ao documento, onde se salienta nomeadamente que a A3 e a A4, no Porto, poderão passar a pagar portagens “já a partir do próximo Verão”.

O mesmo contrato determinará ainda que, não se aplicando portagens, os quilómetros abrangidos serão suportados pelo Orçamento de Estado.

“A intenção seria ainda a de manter o princípio das Parcerias Público-Privadas“, constata a TVI, frisando que o Estado assumiria assim “o pagamento do diferencial da receita face ao estimado no contrato com os privados”.

Segundo constará no contrato, as contas públicas suportariam os custos entre 2020 e 2099, enquanto que a empresa ficaria com as receitas.

Comentando estes dados, a Infraestruturas de Portugal salienta à TVI que “não comenta quaisquer documentos de trabalho internos com carácter preliminar negocial”.

Fonte do novo governo declarou à estação não ter qualquer conhecimento acerca desta matéria, que “não constava das pastas de transição”.

A Infraestruturas de Portugal foi criada por via da fusão da REFER com a Estradas de Portugal com o objectivo de viabilizar o futuro financeiro da empresa e iniciar o processo da sua privatização.

ZAP

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. “as contas públicas suportariam os custos entre 2020 e 2099, enquanto que a empresa ficaria com as receitas” ???????????????? WHAT????

  2. A pouco e pouco se vai sabendo das aldrabices e sacanagens que o anterior governo fez nas costas dos portugueses, pois ainda a procissão vai no adro. Por isso e que nao queriam largar a porca.

  3. Afim de se acabar com episódio destes dois palhaços (Portas e Passos) porque não terem esperado pelos mesmos, quando foram corridos do governo, e encostado os dois a uma parede e darem-lhe um tiro na nuca a cada um ?
    Porque o circo com palhaços destes já não tem graça nenhuma nem já nos faz rir ?

  4. Existem autoestradas no país que nem daqui a 300 anos estarão pagas com o pouco movimento que têm, quanto mais pressionarem no pagamento mais estarão ás moscas o mal foi fazerem-se obras sem dinheiro para as pagarem, não sei mesmo se a melhor opção agora a tomar não seria um imposto a todos os automobilistas há condição de não ser a matar pois todos estamos sobrecarregados com impostos e abrir as autoestradas com livre passagem para todos.

  5. Vai se pagar na A3 e A4!
    Mas então e actualmente não pago? Essa é boa. Se me querem dizer que vão aumentar, pode ser, agora escrever que não se paga na A3 e A4 é mentira.

  6. Tanto falavam das aldrabices do Sócrates e planeavam manter as PPP’s com “garantia bancária” do Estado, com prolongamento até 2099 (!!!)
    Para informar os leitores que não conhecem a realidade das portagens das A3 e A4, relembro que essas AE são integralmente pagas, com excepção da ligação da Maia ao Porto, que é como se em Lisboa se passasse a pagar o troço entre Alverca e o Parque das Nações…
    E digo mais: A A4 está a ser prolongada sobre o antigo percurso da IP4 e estão a ser cobradas portagens em percursos que até agora eram assegurados por uma IP, deixando os condutores sem alternativas.
    Só espero que este novo governo anule estes arranjinhos de bastidores da antiga “maioria”.

  7. Estranho… Na notícia nunca dizem quem fez esse contrato secreto… Portugal só corre elevados riscos de corrupção na área da defesa? Depois das impunidades nos negócios subaquáticos parece que as coisas continuam a correr sobre rodas…

  8. Na certa o nosso País também tem dois governos…. Um é o oficial, democraticamente eleito e que dá a cara. E depois existe o governo obscuro que realmente manda, e a quem o governo fachada tem de pagar tributo.

    Só assim é que é possivel explicar tamanha roubalheira….

  9. Lamentavelmente para todos nós, aqueles que á 40 anos se governam fingindo governar só o continuam a fazer porque aceitamos!! Tanto é Ladrão o que rouba como o que fica a olhar …

RESPONDER

O papa Francisco

Visita do Papa abre excepção para gastos até 5 milhões por ajuste directo

O governo criou uma excepção à medida no âmbito da visita do Papa a Fátima, permitindo a contratualização de despesas por ajuste directo até um montante máximo de 5,1 milhões de euros. O novo decreto-lei publicado …

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado constituído arguido na Operação Marquês

O ex-presidente do BES Ricardo Salgado está a ser interrogado pelo Ministério Público depois de ter sido constituído arguido, esta quarta-feira, no âmbito da Operação Marquês, o processo que envolve José Sócrates. De acordo com a …

O ministro das Finanças, Mário Centeno, no debate do OE 2017

Centeno exalta-se com as críticas do PSD. "Não faz ideia do que é um banco!"

Mário Centeno zangou-se no Parlamento com as críticas do deputado do PSD António Leitão Amaro e aumentou o tom para lhe responder, durante a audição sobre a Caixa Geral de Depósitos. "Não faz a menor ideia …

-

Atentado suicida contra forças governamentais faz dezenas de mortos no Mali

Um bombista suicida matou esta quarta-feira pelo menos 37 ex-rebeldes e membros de grupos armados pró-governamentais na cidade de Gao, no norte do Mali, indicou uma fonte militar. Fontes médicas falam em mais de 60 mortos. "Um …

José Manuel Silva, bastonário da Ordem dos Médicos

Bastonário da Ordem dos Médicos alerta para o "negócio milionário" da Saúde 24

Um dia antes das eleições que vão escolher o seu sucessor, José Manuel Silva denuncia a linha de apoio como sendo um "negócio milionário" e um "desperdício", comparando com a situação no SNS, onde "quase …

Apanha da azeitona

Autarca denuncia trabalho escravo no Alentejo

Há trabalhadores imigrantes que vivem em condições deploráveis no Alentejo, uma situação de verdadeiro "trabalho escravo" que é "uma vergonha" para o país. A denúncia é feita por um autarca em plena campanha da apanha …

-

Infarmed alerta para riscos de automedicação com omeprazol

O Infarmed vai alertar a população para os riscos da automedicação com omeprazol, um fármaco para a úlcera gástrica e a doença do refluxo gastro esofágico, cuja utilização prolongada sem indicação clínica tem "efeitos adversos …

-

Autor do ataque em Istambul planeou massacre na praça de Taksim

O autor confesso do atentado perpetrado numa discoteca na noite de passagem de ano em Istambul declarou que o plano inicial era cometer um massacre na praça Taksim, no centro da cidade turca, informa o …

Manuel Valls, primeiro-ministro da França

Manuel Valls agredido com um estalo durante campanha em França

O ex-primeiro-ministro de França e candidato às presidenciais francesas, Manuel Valls, foi recebido com um estalo de um jovem, esta terça-feira, quando saía do edifício camarário de Lamballe, na região da Bretanha. Enquanto cumprimentava a população, …

O português Manuel Mendes terminou em terceiro lugar na classe T46 a Maratona dos Jogos Paralímpicos

Atletas paralímpicos vão passar a ter prémios iguais aos dos olímpicos

O Orçamento de Estado (OE) para 2017 prevê a equiparação dos prémios a atribuir aos atletas olímpicos e paralímpicos, devendo agora o Governo alterar a legislação sobre a matéria. Por proposta do PCP, a Lei 42/2016 …