Companhias aéreas decidem alterar regras de segurança no cockpit

0

hugokernel / Flickr

-

As companhias aéreas EasyJet, Norwegian, Icelandair e Air Transat anunciaram hoje que passaram a impor a presença em permanência de duas pessoas no cockpit dos aviões, numa reação à informação de que o acidente da Germanwings foi provocado pelo copiloto.

A análise da gravação do som do cockpit do Airbus A320 da Germanwings que na terça-feira se despenhou nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo concluiu que o copiloto provocou o acidente quando estava sozinho no cockpit, depois de impedir a entrada do piloto.

“Quando um ocupante sair do cockpit, passará a ser exigido que nele permaneçam duas pessoas“, explicou o responsável de operações de voo da companhia low cost norueguesa Norwegian, Thomas Hesthammer, à agência France Presse.

“É algo que discutíamos há muito tempo, mas este episódio acelerou o processo”, acrescentou, precisando que a alteração das regras vai ser aplicada a partir de sexta-feira, uma vez obtida a aprovação da autoridade norueguesa de aviação civil.

Outra companhia, a islandesa Icelandair, anunciou a adoção da mesma medida “devido às informações que recebemos sobre o acidente em França”, disse um porta-voz da empresa, Gudjon Arngrimsson.

Também a canadiana Air Transat anunciou a aplicação da mesma medida.

“Decidimos que haverá sempre duas pessoas no cockpit. Quando um dos dois pilotos sair, entra um chefe de cabine“, disse a porta-voz da transportadora, Debbie Cabana, precisando que a medida será aplicada a partir de sexta-feira.

Por fim, a presidente executiva da Easyjet, Carolyn McCall, adiantou também que os procedimentos de segurança no cockpit de aviões da companhia serão alterados para que estejam sempre duas pessoas no interior.

“Vamos mudar o nosso procedimento para que estejam sempre duas pessoas no cockpit”, confirmou a responsável, para quem outras companhias devem adotar a mesma medida.

As regras atuais para a aviação civil europeia não impõem a presença permanente de duas pessoas no cockpit quando um dos seus ocupantes, o piloto ou o copiloto, tenha de se ausentar por qualquer razão.

A companhia finlandesa Finnair já aplicava esta medida. “O manual já prevê duas pessoas em permanência no cockpit. Se um piloto se quiser ausentar, outro membro da tripulação tem obrigatoriamente de entrar”, explicou a porta-voz da Finnair, Päivyt Tallqvist.

A investigação ao acidente em França conclui que o piloto do voo da Germanwings se ausentou do cockpit, provavelmente para usar a casa de banho, e foi impedido de voltar a entrar pelo copiloto, que bloqueou a porta.

Nesse período, o copiloto acionou deliberadamente o processo de descida do avião, ignorando as pancadas na porta, as tentativas de comunicação da torre de controlo e os alarmes do próprio aparelho.

O avião acabou por embater numa montanha, matando todas os 144 passageiros e seis tripulantes a bordo.

/Lusa

RESPONDER

Afonso Dias, condenado pelo rapto de Rui Pedro

Caso Rui Pedro: Afonso Dias poderá sair da prisão em breve

Afonso Dias cumpre no próximo mês de março dois terços da pena a que foi condenado, podendo sair em liberdade condicional já nos próximos dias. Depois de dois anos preso na cadeia de Guimarães, Afonso Dias …

-

Venda do Novo Banco avança com os norte-americanos do Lone Star

O fundo norte-americano Lone Star foi o escolhido pelo Banco de Portugal para a compra do Novo Banco. O supervisor anuncia, nesta segunda-feira, o arranque das "negociações exclusivas". "O Banco de Portugal decidiu seleccionar o potencial …

Donald Trump com o seu vice-presidente, Mike Pence.

Mike Pence assegura em Bruxelas que EUA vão manter cooperação com UE

O vice-presidente norte-americano assegurou esta segunda-feira, em Bruxelas, que a administração de Donald Trump tem o "forte compromisso" de prosseguir a cooperação com a União Europeia, porque EUA e Europa "partilham os mesmos valores". "Hoje é …

António Domingues, o ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos

"Domingues está mortinho por mostrar SMS de Centeno"

O futuro de Mário Centeno está nas mãos do ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD), António Domingues. É Marques Mendes quem o diz, salientando que o ex-gestor do banco público está "mortinho por mostrar …

-

Detidos dois dos reclusos que fugiram da prisão de Caxias

Dois dos três reclusos que fugiram do estabelecimento prisional de Caxias, Oeiras, foram detidos em Madrid, no domingo, com documentos de identificação falsos, disse à Lusa fonte da polícia nacional espanhola. A mesma fonte adiantou que …

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Coreia do Norte desconfia da investigação malaia à morte de Kim Jong-nam

O embaixador de Pyongyang na Malásia disse esta segunda-feira que a Coreia do Norte não pode confiar na investigação da polícia malaia à morte do meio-irmão do seu líder, após ser convocado pelo Governo de …

-

Deco quer retirar do mercado pinturas faciais do Carnaval

A associação de defesa do consumidor revelou esta segunda-feira que há pinturas faciais para crianças à venda com ingredientes que provocam alergias ou irritações na pele. A Deco anunciou também que vai denunciar a ausência de …

Orangotango bebê

Beijos de orangotangos podem guardar segredo da origem da fala humana

Uma equipa de cientistas afirma ter começado a desvendar segredos da origem da fala humana através da análise dos sons dos "beijos" emitidos pelos orangotangos. Uma das revelações do estudo, realizado na Universidade de Durham, no …

-

Peugeot-Citroën vai pagar 2 mil milhões pela Opel

A compra da Opel pela PSA, um negócio avaliado em 2000 milhões de dólares, será fechado esta semana e anunciado oficialmente na quinta-feira, quando o grupo que controla a Peugeot e a Citroen apresentar os …

-

Astrónomos querem que a Lua passe a ser um planeta

Alan Stern, principal investigador da missão New Horizons da NASA em Plutão, juntamente com cinco colegas, pretende reescrever a definição de "planeta". Segundo o The Times, uma das principais alterações que o grupo de cientistas quer introduzir …