22 anos depois, quatro mafiosos condenados pelo assassínio do juiz Falcone

2

Giuseppe Romano / Flickr

Pintura de Giovanni Falcone na praça em Palermo onde o juiz foi assassinado

Pintura de Giovanni Falcone na praça em Palermo onde o juiz foi assassinado

Quatro membros da máfia siciliana foram condenados a penas entre os 12 anos e prisão perpétua pelo seu papel no assassínio em 1992 do juiz Giovanni Falcone, símbolo da luta contra o crime organizado em Itália.

A justiça determinou, 22 anos depois, que os quatro condenados forneceram parte dos 500 quilos de explosivos utilizados para fazer explodir o automóvel que matou o juiz Giovanni Falcone, a mulher e três guarda-costas, perto de Palermo, na Sicília.

Gaspare Spatuzza obteve uma redução da pena para 12 anos de prisão por ter colaborado com a polícia na obtenção de provas que permitiram as restantes condenações.

Giuseppe Barranca e Cristoforo Canella foram condenados a penas de prisão perpétua e Cosimo D’Amato a 30 anos de prisão.

Numa das sessões do julgamento, Spatuzza disse que enquanto membro da Cosa Nostra (máfia siciliana), foi responsável por mais de 40 mortes.

Atualmente a cumprir uma pena de prisão perpétua por seis ataques à bomba cometidos em 1992 e 1993, Spatuzza pode contudo vir a ser libertado ao abrigo do regime italiano de redução de penas.

Dois meses depois de Falcone ter sido assassinado, outro juiz anti-máfia, Paolo Borsellino, foi morto num atentado semelhante.

Os dois casos chocaram a Itália. Falcone e Borsellino foram posteriormente elevados a heróis da luta contra o crime organizado.

O Aeroporto Internacional de Palermo, perto da estrada onde foram ambos assassinados, foi re-baptizado Aeroporto Falcone-Borsellino.

Os dois assassínios foram ordenados por Salvatore “Totó” Riina, o chefe máximo da Cosa Nostra, capturado um ano depois.

Atualmente com 84 anos, o capo, conhecido como “a besta” cumpre várias penas perpétuas numa prisão de segurança máxima.

cesko1971 / Flickr

Homenagem a Giovanni Falcone no local onde foi assassinado

Homenagem a Giovanni Falcone no local onde foi assassinado

/Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

-

PJ desmantelou organização criminosa ligada ao tráfico de drogas por via áerea

A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou uma organização criminosa, sediada na região de Lisboa, dedicada ao tráfico internacional de estupefacientes por via aérea que decorria há dois anos e durante a qual foram detidas várias pessoas. A …

O papa Francisco

Visita do Papa abre excepção para gastos até 5 milhões por ajuste directo

O governo criou uma excepção à medida no âmbito da visita do Papa a Fátima, permitindo a contratualização de despesas por ajuste directo até um montante máximo de 5,1 milhões de euros. O novo decreto-lei publicado …

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado constituído arguido na Operação Marquês

O ex-presidente do BES Ricardo Salgado está a ser interrogado pelo Ministério Público depois de ter sido constituído arguido, esta quarta-feira, no âmbito da Operação Marquês, o processo que envolve José Sócrates. De acordo com a …

O ministro das Finanças, Mário Centeno, no debate do OE 2017

Centeno exalta-se com as críticas do PSD. "Não faz ideia do que é um banco!"

Mário Centeno zangou-se no Parlamento com as críticas do deputado do PSD António Leitão Amaro e aumentou o tom para lhe responder, durante a audição sobre a Caixa Geral de Depósitos. "Não faz a menor ideia …

-

Atentado suicida contra forças governamentais faz dezenas de mortos no Mali

Um bombista suicida matou esta quarta-feira pelo menos 37 ex-rebeldes e membros de grupos armados pró-governamentais na cidade de Gao, no norte do Mali, indicou uma fonte militar. Fontes médicas falam em mais de 60 mortos. "Um …

José Manuel Silva, bastonário da Ordem dos Médicos

Bastonário da Ordem dos Médicos alerta para o "negócio milionário" da Saúde 24

Um dia antes das eleições que vão escolher o seu sucessor, José Manuel Silva denuncia a linha de apoio como sendo um "negócio milionário" e um "desperdício", comparando com a situação no SNS, onde "quase …

Apanha da azeitona

Autarca denuncia trabalho escravo no Alentejo

Há trabalhadores imigrantes que vivem em condições deploráveis no Alentejo, uma situação de verdadeiro "trabalho escravo" que é "uma vergonha" para o país. A denúncia é feita por um autarca em plena campanha da apanha …

-

Infarmed alerta para riscos de automedicação com omeprazol

O Infarmed vai alertar a população para os riscos da automedicação com omeprazol, um fármaco para a úlcera gástrica e a doença do refluxo gastro esofágico, cuja utilização prolongada sem indicação clínica tem "efeitos adversos …

-

Autor do ataque em Istambul planeou massacre na praça de Taksim

O autor confesso do atentado perpetrado numa discoteca na noite de passagem de ano em Istambul declarou que o plano inicial era cometer um massacre na praça Taksim, no centro da cidade turca, informa o …

Manuel Valls, primeiro-ministro da França

Manuel Valls agredido com um estalo durante campanha em França

O ex-primeiro-ministro de França e candidato às presidenciais francesas, Manuel Valls, foi recebido com um estalo de um jovem, esta terça-feira, quando saía do edifício camarário de Lamballe, na região da Bretanha. Enquanto cumprimentava a população, …